Resultados on-line de exames


Médicos / Convênios


Pacientes

*PACIENTES: O Número de identificação e a senha encontram-se no seu protocolo de atendimento.
*MÉDICOS / EMPRESAS: O número de identificação e a senha são informados pelo laboratório. Caso ainda não possua, entre em contato conosco.
ATENÇÃO: Desabilite o bloqueador de Pop-up para conseguir acessar os resultados.

Dúvidas

Remédios interferem em exames laboratoriais?

Alguns, sim. Antes do exame, informe todos os medicamentos que esteja tomando; caso depois se recorde de mais algum, telefone para o laboratório e informe. Antibióticos, anti-inflamatórios e Aspirina, por exemplo, alteram os testes de coagulação do sangue. A Aspirina interfere também na dosagem do T4 (um dos hormônios da tireóide). Aspirina é o nome popular de ácido acetilssalicílico. Ela está presente em muitos analgésicos e antitérmicos (AAS, Buferin, Doril, Melhoral, Cibalena, Doloxene-A) e em antiácidos (Alka-Seltzer e Engov). A Dipirona (Novalgina, Neosaldina) interferem na dosagem da creatinina.

Todos os exame de sangue têm que ser em jejum?

Nem todos. Hemograma, por exemplo, dispensa o jejum. Glicose geralmente precisa de 8 horas sem alimentação. Para colesterol total e frações e triglicérides é indispensável no mínimo 12 horas (e no máximo 16 horas) sem alimentação. Consulte caso a caso no link Preparativos de Exames na área de Clientes deste site.

Água quebra o jejum?

Não. Em excesso interfere nos exames de urina. Importante: alimentos líquidos, como leite, café e outros, mesmo sem adoçante, quebram o jejum.

Como devo me alimentar para que os resultados de triglicerídeos sejam confiáveis?

Você não deve mudar a alimentação habitual nos 15 dias que antecedem o exame. É fundamental jejum de 12 a 16 horas para coleta do sangue. Se uma pessoa com triglicerídeos elevado adota uma dieta severa na véspera do exame, terá um resultado falsamente baixo; por outro lado, alguém que tem valor de triglicerídeos normal e na véspera do exame come uma feijoada apresentará um resultado falsamente alto.

Esforço físico horas antes dos exames atrapalham os resultados?

Sim, principalmente os de glicose, colesterol total e frações e dosagens hormonais (especialmente prolactina).

Posso fazer exame de sangue gripado, resfriado ou com febre?

Apenas se os exames destinam-se ao estudo de sintomas relatados; por exemplo, os de gripe. Salvo orientação médica, exames de rotina devem ser feitos com o paciente em seu estado normal.

Posso fazer exame de sangue no período menstrual?

Sim, todos os exames de sangue. Porém, diversos hormônios e algumas proteínas séricas variam durante o ciclo menstrual. Portanto, é fundamental que o médico saiba em que período do ciclo o exame foi realizado.

Posso fazer exame de urina no período menstrual?

De preferência, não. O ideal é fazê-lo fora do período menstrual, pois o sangue menstrual pode misturar-se à urina. Caso haja urgência em se fazer o exame, lave a vulva e coloque absorvente interno imediatamente antes de colher a urina.

Os exames têm que ser feitos sempre de manhã?

Não, desde que os cuidados prévios (jejum e atividade física, por exemplo) sejam observados. Raros são os exames (cortisol, ferro, ACTH) que variam durante o dia e precisam ser colhidos em determinado horário, especificados pelo médico.

Para colher fezes precisa jejum?

Não. Nem precisa ser a primeira evacuação do dia. É preferível colher em casa, num frasco adequado. Consulte mais detalhes no link Preparativos de Exames na área de Clientes deste site, ou entre em contato por telefone com o laboratório para receber mais instruções.
.